História de Lutas

SINDESTADO-RJ, UMA HISTÓRIA DE LUTAS

Nosso Sindicato teve sua Carta Sindical emitida em 1963. Mas a história teve início dois anos antes, em 1961, com o revendedor Jayme Devilart dos Santos, proprietário do Posto Avenida (mais tarde, Posto Universitário), no entroncamento da Rua Marquês do Paraná com a Avenida Amaral Peixoto, no Centro de Niterói.

Antiga marca e denominação do nosso Sindicato , nascido em 1963.

Antiga marca e denominação do nosso Sindicato , nascido em 1963.

Idealizando a formação de uma entidade que pudesse defender os legítimos interesses da categoria e representá-la institucionalmente, Devilart fundou a “Associação Profissional dos Postos de Serviços do Estado do Rio de Janeiro”, que passou a operar com base no próprio posto Avenida. Naquele momento embrionário, Jayme teve a colaboração dos revendedores João Batista Dias e Télio Ferreira da Silva.

Dali em diante foram inúmeros os esforços daqueles pioneiros para conquistar  colaboradores e simpatizantes, enquanto iam avançando as tratativas para transformar a Associação num Sindicato. Vencidos os trâmites, veio o êxito: em 17 de agosto de 1963, nosso Sindicato foi formalmente reconhecido pelo então Ministério de Estado dos Negócios do Trabalho e Previdência Social, como sendo entidade representativa do “comércio varejista de combustíveis minerais” em território fluminense – por sinal, nossa denominação naquele primeiro momento era um tanto diferente da atual: “Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Minerais do estado do Rio de Janeiro”, conforme a Carta Sindical.

O Sindicato viria a ter sede provisória na Amaral Peixoto, 60, salas 1013-1015. Sede própria, mesmo, só na década de 1980, no segundo mandato de José Aguiar Fernandes na presidência do Sindicato, que adquiriu duas salas no Edifício Líder (também na Av. Amaral Peixoto). Naquela mesma época, Aguiar ampliou também os pontos de atuação sindical no interior do Estado, abrindo as Delegacias regionais de Nova Iguaçu, Campos, Volta Redonda e Casemiro de Abreu.

Mais à frente, o SINDESTADO-RJ passou a funcionar em outra Sede, no bairro Chic (Fonseca, Zona Norte), com 284,20 m2 de área construída, cinco salas administrativas e auditório para 80 pessoas, inaugurada em 19 de julho de 1996.

No final de outubro de 2003, o SINDESTADO-RJ adquiriu um imóvel que viria a passar por extensas obras, sendo transformado na nossa Sede atual — uma casa de cerca de 280 metros quadrados de área construída, num terreno de 1.100 metros quadros no valorizado bairro de São Francisco, na Zona Sul de Niterói — onde estamos desde fevereiro de 2008.

As principais mudanças no Sindicato nos últimos anos, porém,  têm sido de ordem interna, para acompanhar a velocidade das inúmeras transformações pelas quais passa a Revenda de Combustíveis em todo o país. Temos mantido o compromisso de oferecer informações úteis e atualizadas ao Revendedor, por compreendê-las fundamentais para a sobrevivência comercial. Daí a permanente realização de palestras técnicas, econômicas e ambientais, assim como seminários e debates.

Além disto, o Sindicato consolidou e ampliou seu papel perante as entidades coirmãs de todo o Brasil, por meio de participação ativa em eventos e iniciativas da categoria; e, finalmente, vem crescendo o leque de serviços oferecidos aos associados, especialmente na esfera jurídica, de forma compatível com as necessidades dos Revendedores associados.

Temos muito orgulho da trajetória do SINDESTADO-RJ, que está em plena atividade no seu papel de representação do Revendedor estabelecido em nosso Estado do Rio de Janeiro.